Atividade Física e Melhoria da Qualidade de Vida


O que aprendemos nos últimos 50 anos? Se ficar parado, seu organismo estraga, você perde sua saúde. Parece óbvio, simples, o difícil é iniciar e manter a prática do exercício físico.

Há mais de 30 anos, o Dr. Kenneth Cooper começou a propagar massivamente esta idéia – “ Mexa-se ”, e não foi à toa.

As evidências científicas são abundantes : pessoas fisicamente ativas vivem mais anos e com melhor qualidade de vida que as inativas.

Por que vivem mais anos ? Porque as pessoas ativas têm menos infarto do miocárdio, menos acidente vascular cerebral ( derrame cerebral ), menos pressão alta, menos diabetes e menos obesidade que as inativas.

E por que melhor qualidade de vida ? Bem , temos 2 tipos de benefício : os imediatos e os tardios. Os imediatos são: mais disposição física e agilidade intelectual, melhora do sono e da atividade sexual. Os benefícios tardios referem-se à 3º idade, pois os idosos ativos têm melhor coordenação motora, menor índice de quedas, menos osteoporose, mais sociabilidade e mais atividade sexual !

Encare assim : Atividade física NÃO é um luxo, mas o meio natural mais eficaz para retardar o envelhecimento. Planeje-se, inicie com pouco, vá incrementando, se falhar não desanime, recomece. Converse com seu cardiologista para buscar orientação.

Se você não quiser fazer exercício : bem, hoje temos comprimidos, cirurgias, fraldas, andador, mais comprimidos....


 
  Felipe Gavranic do Reis