Ultrasson ( Doppler) de Carótidas e Vertebrais

O duplex-scan ou eco-doppler ou simplesmente doppler é um exame de ultrassonografia, utilizado na avaliação dos vasos sangüíneos e suas doenças.

As artérias carótidas e vertebrais são vasos que se originam da aorta e fornecem irrigação para o cérebro. Elas podem ser visibilizadas e estudadas de forma não invasiva, sem dor alguma, sem exposição do paciente aos raios-X e apenas com o uso de ondas sonoras, inaudíveis, utilizando-se os modernos aparelhos de ultrassonografia com color doppler.

Em um exame que dura aproximadamente 30 minutos, são obtidas imagens das carótidas, que possibitam a imagem do vaso sangüíneo, que é importante na avaliação do calibre e da espessura da parede do mesmo; além de permitir a visualização de estreitamentos ou dilatações e de placas de gordura ou coágulos em seu interior.

Este exame avalia também a velocidade e a direção do fluxo sangüíneo. Estas informações são extremamente importantes, pois revelam a presença de estreitamentos ou obstruções nas artérias, causadas por placas de gorduras.

O exame fornece ainda uma imagem colorida do fluxo sangüíneo, que facilita a identificação de pequenos vasos, expõe o sentido do fluxo de sangue, e pode mostrar áreas de turbulência desde fluxo, o que pode ser indicativo de alterações no vaso.

Pode ainda localizar e quantificar as obstruções e dilatações, o calibre e a morfologia dos vasos, a presença de tortuosidades e a espessura da camada médio-intimal das paredes dos vasos.

Esse estudo é muito importante no estabelecimento do risco do paciente em desenvolver infarto do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais ( AVC ), tanto em pacientes assintomáticos como em sintomáticos ; além da instituição de tratamento clínico ou cirúrgico, prevenindo novos casos de AVC, o que se apresenta como uma das principais causas de óbito e invalidez permanente em nosso meio.